“Na busca da felicidade, acredito ser o Feng Shui uma ferramenta essencial, e uma forma de agradecer as dádivas de Deus.”

Desde que fiz meu primeiro curso de Feng Shui em outubro do ano 2000 com a Stela, hoje minha irmã de coração, venho aplicando a técnica milenar, na medida que fui aprendendo através dos cursos com a Stela e livros que me indicou, e que apesar de alguns períodos de estagnação, mesmo com os constantes toques de minha amiga, esse conhecimento vem crescendo também, pois na medida que fazia as modificações e melhoras no meu ambiente, também passei a me conhecer melhor e às pessoas do meu convívio.

Coloquei atenção nas coisas que me incomodavam, mas eu não percebia com clareza, pois já havia me acostumado com elas, e a partir daí, a partir do momento que as identifiquei, pude tomar a iniciativa de mudar, e sempre para melhor, mesmo que num primeiro momento me parecessem trabalhosas demais.

Passei a observar cada canto com carinho, joguei coisas velhas fora, coisas que me prendiam ao passado e que não me serviriam para nada. Decorei cada área, ativando a área correspondente para curar aspectos em minha vida que eram prioridade. Nos fundos do meu terreno havia uma passagem para um outro terreno da família. Essa era a área do trabalho. Fechei essa passagem e tbém coloquei duas lindas palmeiras caryotas, já grandes, como se fossem dois guarda-costas, e depois disso senti uma significativa melhora nessa área.

Tenho consciência hoje de que devemos estar sempre atentos às mudanças em todos os aspectos da vida e por isso mesmo esse trabalho nunca acaba. Nosso ambiente sempre deve ter nossa atenção, pois assim como tudo na vida se transforma, nossas necessidades e desejos também se modificam.

Na busca da felicidade, acredito ser o Feng Shui uma ferramenta essencial, e uma forma de agradecer as dádivas de Deus.

Agradeço a Stela por me mostrar e ensinar esse caminho.

Kelly Abramo, Paisagista